Charline Diniz– mãe de Isaque Diniz – Colégio Almeida Guedes – Nova Friburgo,RJ

Charline Diniz– mãe de Isaque Diniz – Colégio Almeida Guedes – Nova Friburgo,RJ

Depois que o Isaque foi contemplado com a bolsa do Educação Garantida, foi possível matriculá-lo nos cursos que ele pedia. Hoje ele está no espanhol e vai cursar informática, que é uma exigência para o curso de robótica. 
Agradeço a XP Investimentos por nos proporcionar a possibilidade de investir nos sonhos do nosso filho.

Carla Gomes – mãe de Lucas Gomes – 3° ano Escola Viva verde – Queimados, RJ

Carla Gomes – mãe de Lucas Gomes – 3° ano Escola Viva verde – Queimados, RJ

Ter recebido a oportunidade de ter essa bolsa foi muito importante para mim. Graças ao Educação Garantida, eu consegui pagar um curso profissionalizante de cuidadora de idosos e outro de técnico de enfermagem. Sem a bolsa seria impossível me profissionalizar, porque a prioridade sempre foi a educação das crianças. Sou grata ao projeto!

Robson Silva – Diretor Secretário da Escola Céu Azul – Parelheiros – SP

Robson Silva – Diretor Secretário da Escola Céu Azul – Parelheiros – SP

Quando conhecemos o projeto Educação Garantida, a Escola Céu Azul passava por um momento bastante crítico de evasão escolar por inadimplemento. Muitas famílias, que tinham a escola como um referencial de qualidade e comprometimento, viam o sonho de manter seus filhos matriculados se perder em meio às dívidas. O Educação Garantida ajudou a reequilibrar as finanças tanto das famílias beneficiadas quanto da própria escola, reacendendo a esperança e revigorando o ânimo. Somos gratos à XP Investimentos pelo compromisso de garantir um futuro melhor para essas crianças.

Projeto Educação Garantida revela perfil socioeconômico de famílias beneficiadas

Projeto Educação Garantida revela perfil socioeconômico de famílias beneficiadas

Após visitas às escolas parceiras do Educação Garantida, chegou a vez do projeto, que conta com o patrocínio da XP Investimentos, realizar visitas domiciliares às famílias contempladas. Apenas em junho, 14 famílias dos municípios de Japeri e São João de Meriti, no Rio de Janeiro, receberam visitas da equipe do projeto, o qual o Instituto da Criança desenvolve.

Primeiramente é realizado um agendamento prévio com as famílias beneficiadas, informando sobre a necessidade de documentos atualizados e frisando que o responsável pelo aluno deverá receber a equipe em suas residências. Posteriormente, a Assistente Social do projeto leva uma foto do formulário preenchido a fim de comparar dados obtidos na visita. Assim, a profissional aplica o formulário e recolhe os documentos dos pais. Então, após feita a coleta dos dados, é verificada a providência a ser tomada.

A pesquisa revela que das 14 residências visitadas, 43% informa que a economia da bolsa trouxe melhorias na alimentação da casa. O mesmo percentual diz respeito aos que não possuem presença paterna. Além disso, 64% das famílias recebem algum tipo de benefício, como bolsa família, aposentadoria ou pensão alimentícia. Vale destacar que 159 residências ainda serão visitadas até dezembro de 2019.

De acordo com Jaqueline Machado, mãe do aluno Jean Carlos de Oliveira, do Centro Educacional Lopes Videira, o projeto é de suma importância em sua vida: “Graças ao Projeto Educação Garantida, tenho a possibilidade de dar continuidade aos acompanhamentos com psicólogo e neurologista para o Jean Carlos, além de comprar os remédios necessários para o tratamento de  TDAH – Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade – e contra convulsões“, revela.

Já a aluna Flávia Ponte, do Colégio São Lucas, afirma que seus pais não podiam mais pagar os estudos: “Estou muito feliz por estudar ao lado dos meus colegas, professores e todos que trabalham nessa escola que eu adoro“, destaca a jovem.

Na foto: a Assistente Social Beatriz Tavares visita uma das famílias beneficiadas

Projeto Educação Garantida inicia avaliação das escolas parceiras

Projeto Educação Garantida inicia avaliação das escolas parceiras

A equipe do Educação Garantida, projeto patrocinado pela XP Investimentos, deu início ao processo de visitas às escolas parceiras de São Paulo, no dia 24 de maio, e contou com a participação da Analista de Gente e Gestão do Grupo XP, Ana Oliveira.

Para a realização desta atividade foi desenvolvido um instrumental que será aplicado em cada uma das 55 escolas parceiras do projeto, com o objetivo de medir o quanto o Projeto contribui para melhorias estruturais e pedagógicas, além de coletar indicadores que serão o marco zero desta avaliação.

A partir de junho, a metodologia de levantamento de resultados, desenvolvida pelo Instituto da Criança, começou a ser aplicada. Desta vez, no grupo de escolas parceiras, no Rio de Janeiro.

Na foto: Ana Oliveira, Analista de Gente e Gestão do Grupo XP, em visita a uma das escolas contempladas pelo projeto

Projeto Educação Garantida já patrocina mais de 3.000 mensalidades neste ano

Projeto Educação Garantida já patrocina mais de 3.000 mensalidades neste ano

Ensinando para transformar vidas“. É com esta frase que Márcia Berriel, presidente da Escola Assed, em Nova Friburgo, município do Rio de Janeiro, destaca a importância do poder transformador da educação. Márcia ressalta ainda que a parceria com o Educação Garantida, projeto patrocinado pela XP Investimentos, agregará muito à escola, tornando possível o acesso a uma boa base educacional para famílias que antes não poderiam permanecer na instituição. Além disso, Escola Assed terá a oportunidade de realizar projetos que antes estavam apenas no papel e agora estão para ativação.

A iniciativa, que conta com o desenvolvimento do Instituto da Criança, tem como meta efetuar o pagamento de 10.000 mensalidades escolares neste ano. Até abril, já foram pagas 3.237 mensalidades, contemplando 866 alunos do Ensino Fundamental I em 55 escolas parceiras de 22 municípios do Rio de Janeiro e São Paulo.

A partir de junho deste ano, o projeto estará em fase de acompanhamento dos impactos gerados nas escolas parcerias: “A equipe iniciará visitas nas instituições para realizar levantamento de dados e, então, avaliar as mudanças socioeconômicas e estruturais geradas pela iniciativa“, destaca Raquel Coelho – líder do Projeto Educação Garantida.

Na foto: crianças do Centro Educacional Souza Poletti, em Nova Friburgo – município do Rio de Janeiro